WAKANDA FOREVER

Lembra quando falamos sobre representatividade e o quanto ela importa? Então...

Ontem, 28 de Agosto de 2020, nesse ano tão caótico e cheio de incertezas, perdemos o ator americano Chadwick Boseman, nosso querido Pantera Negra. Mas disseram “é só um ator, não entendemos a comoção”.

Pois bem, provavelmente essa dúvida paira na cabeça de pessoas não negras que não têm sensibilidade ou não entendem o porquê essa perda dói e dói principalmente em nós pessoas negras.

Li hoje de manhã uma frase de pesar por sua morte que falava: “poxa, somos tão poucos em tantos lugares”.

Pois é, somos poucos e isso vai muito além do espaço físico, pois fala de ocupação, de estrutura.

O rei T'Challa trouxe pra muitas crianças negras a esperança e inspiração. Elas se viram ali em um grande papel, como heróis, imponentes, fortes e invencíveis. Sabe o quanto isso pode mudar a cabeça de uma geração?

Somos tão poucos em tantos lugares, poxa.

Quando nos colocam lá, nos vestem como bem querem, como nos enxergam.

Nos deixam lá, onde querem que a gente fique. Mas o bom disso é que posso sim conjugar esses verbos recheados de ações racistas no passado, pois nos deixavam, queriam e ficávamos, MAS NÃO FICAMOS MAIS.

Ocupar vai ter um sentido muito mais poderoso, já que podemos SER REIS, GUERREIROS, POTENTES, HERÓIS... PODEMOS SER O QUE QUISERMOS.

E lembra quando eu disse que representatividade importa? Pois é, é sobre isso. É sobre se ver e se fortalecer. É sobre se ver e se reconhecer, se inspirar.

Quem não se emocionou ou arrepiou com o grito de guerra YIBAMBE, que significa Manter-se Firme ou Manter-se em Formação na língua isiXhosa, da África do Sul?

Por isso, acho que não tem mensagem melhor para falar sobre esse legado de representatividade e alcance.

Saiba que continuaremos ocupando e de forma potente.

Não desista. YIBAMBE! YIBAMBE!

Obrigada rei T'Challa por tamanho empoderamento.

  • Facebook Tombay
  • Instagram Tombay
  • Pinterest Tombay
  • YouTube Portal Tombay

© 2017 por Tombay  | By Acerte Virtual